Medicamentos, síntese de moléculas de compostos químicos, impressão 3D


Tecnologia de impressão 3D penetrou todas as esferas da vida: desde a criação de objetos simples ou partes do corpo humano, até a construção de prédios inteiros. Desta vez foi a vez de medicamentos.

“A impressora vai funcionar com base em compostos químicos básicos para ser usado como matéria-prima. Desta forma você sintetiza os elementos necessários e elimina o desperdício.

Uma equipe de químicos da Universidade de Illinois (EUA), liderado pelo químico especialista Martin Burke, publicou-se o desenho de uma impressora 3D "revolucionária", que terá a capacidade de criar usando a síntese de moléculas de compostos químicos.

Estima-se que o processo duraria apenas algumas horas, enquanto que um experiente químico pode levar anos, conforme relatado pelo Science Daily' portal.

Burke estratégia consiste em quebrar as moléculas em blocos mais simples para que eles podem ser facilmente montados. A impressora vai funcionar com base em compostos químicos básicos para ser usado como matéria-prima.

O aparelho sintetizar os elementos necessários e eliminar o desperdício. Finalmente, depois de uma reação química, ele vai trazer os elementos necessários para o composto. Pesquisadores já conseguiram projetar 14 diferentes tipos de moléculas.

"Esperamos que esta tecnologia irá criar novas oportunidades em outras áreas terapêuticas,", argumentam os autores científicos deste trabalho.»Artículo Crean una revolucionaria impresora 3D que produce fármacos»[HispanTV]

#CMisteriosBlog » Post33» Semana 13» » Tecnologia
CMistériosBlog » Medicamentos, síntese de moléculas de compostos químicos, impressão 3D