Sono


7 distúrbios do sono que o vão assustar


Se você acha que dormir é o ato simples de se deitar num colchão confortável, fechar os olhos, sonhar, babar, roncar e acordar, você está relativamente certo.

No entanto, há muito mais complexidade no quesito “sono” do que você possa imaginar. Duvida?

Então confira abaixo alguns dos transtornos mais sinistros relacionados com o sono. Certamente você irá ficar assustado.

1. Transtorno de pesadelo


Pesadelos são aqueles sonhos absurdos que envolvem cenários bizarros, monstros gigantes, falta de voz, assassinatos e por aí vai. Quando você tem um pesadelo provavelmente acorda, olha para o lado e pensa “ufa! Aquele urso falante assassino não está me perseguindo” e volta a dormir.

O que você provavelmente não sabe é que existe um transtorno de pesadelo, que é quando a pessoa tem pesadelos intensos com muita frequência e acorda fisicamente assustada, com palpitações, sudorese, calafrios e até mesmo dor. São pessoas que geralmente têm medo de pegar no sono.

Pesadelos geralmente aparecem em quem vive alguma situação de estresse ou está há muito tempo sem dormir direito. Eles podem aparecer também como efeitos colaterais de determinados medicamentos.

O lado bom é que há como tratar o problema: geralmente um banho quente antes de dormir já ajuda, mas quem tem pesadelos frequentes pode procurar ajuda médica. Dormir deve ser uma coisa boa. Sempre.

2. Sonambulismo


Parece coisa de desenho animado, mas crises de sonambulismo não só acontecem na vida real como afetam a vida de pelo menos 15% dos adultos – nas crianças o percentual é ainda maior.

Ainda não se tem certeza sobre o que faz com que algumas pessoas andem enquanto dormem, mas o estresse é um dos fatores mais associados a esse tipo de acontecimento, assim como a genética. Ao contrário do que você possa imaginar, sonâmbulos não andam por aí com os braços esticados.

Eles geralmente perambulam pelo quarto, mas são capazes também de abrir portas e trocar os móveis de lugar. Um estudo publicado em 2003 descobriu que 19% dos sonâmbulos já se machucaram durante suas aventuras de olhos fechados.

3. Síndrome da cabeça explodindo


Acontece, geralmente, quando o paciente atinge o nível mais profundo do sono. De repente, a pessoa acorda ouvindo um barulho realmente alto e assustador.

A sensação que se tem é a de que uma bomba explodiu do seu lado ou, pior, dentro da sua cabeça. O lado bom dessa sensação é que, por mais incrível que pareça, ela não envolve o aparecimento de dor nem indica algum problema sério de saúde.

4. Alucinações do sono


Quando você está dormindo, seus sonhos são malucos e você se transporta para um mundo típico da Alice no País das Maravilhas. Até aí, tudo bem. Mas e quando você vê coisas quando está pegando no sono ou logo depois de acordar? Bom, aí a situação é um pouco diferente.

Chamamos de alucinação hipnagógica as sensações e visões bizarras que uma pessoa tem antes de cair no sono. Já a alucinação hipnopômpica é a que se tem logo depois de acordar. Essas alucinações incluem a sensação de que se está vendo fantasmas, objetos ou pessoas.

Uma visão relativamente comum é a de insetos ou animais andando pelas paredes. As alucinações de sono são mais comuns em pacientes com narcolepsia, uma condição neurológica que provoca episódios de sono excessivo.

Por isso, se além das alucinações você tiver muito sono durante o dia e sentir que está perdendo o controle muscular, vale procurar ajuda médica.

5. Paralisia do sono


Quando seu corpo chega ao sono REM, seus músculos voluntários ficam imóveis. Isso acontece para que você não se mexa muito durante o sono profundo. O problema é que às vezes essa paralisia muscular persiste mesmo quando você já está acordado.

É a sensação de que você sabe que está acordado e, mesmo querendo se mexer, não consegue. O problema não para aí. Não são raras as vezes nas quais a paralisia do sono vem acompanhada das alucinações do sono. Reflita.

Um estudo publicado em 1999 descobriu que 75% das pessoas que tinham a paralisia relataram também a presença das alucinações. De novo: não para aí. Quando as alucinações ocorrem em alguém que não consegue se mexer, elas são muito piores.

Os pacientes relataram a presença nítida de criaturas malignas, além da sensação de sufocamento e esmagamento. Muitos cientistas acreditam que experiências de abdução alienígena sejam, na verdade, episódios de paralisia e alucinação do sono.

6. Síndrome do comedor noturno


Essa vida é mesmo muito injusta. Você pode ter toda a força de vontade do universo e deixar de comer aquele chocolate, mas se você tiver essa síndrome do comedor noturno, é bem provável que você saia da cama, assim como faz um sonâmbulo, mas vá até a cozinha à procura do que comer.

Vale tudo: de ingredientes crus a pratos congelados e colheradas de manteiga. Ainda não se sabe ao certo o que causa esse tipo de comportamento sonâmbulo, mas os tratamentos incluem o uso de remédios que estimulam a produção de dopamina.

7. Sexônia


Se você achou estranho levantar dormindo e assaltar a geladeira, a sexônia está aí para mostrar o que é estranho mesmo. Um estudo publicado em 1996 descreveu o caso de sete pessoas que, durante o sono, tinham quadros de reprodução de barulhos íntimos.


#CMisteriosBlog » Semana 14»»»Mistérios do Mundo
English »Article Top 10 Spooky Sleep Disorders»[Livescience]
CMistériosBlog » Sono