Os cientistas já sabem quando é que a Europa ficará submersa


europa

Estranha Notícia

Os cientistas já sabem quando é que a Europa ficará submersa

Segundo a opinião de uma equipa de especialistas do Centro Comum de Investigação da Comissão Europeia, cinco milhões de europeus irão provavelmente perder as suas casas devido a inundações até ao fim do século.

De acordo com cientistas do Centro Comum de Investigação da Comissão Europeia, o aquecimento global irá elevar o nível dos mares, incluindo o dos mares Báltico e do Norte, para um nível crítico, o que levará uma parte da costa europeia a ficar submersa. Com o actual ritmo do aquecimento global, as inundações poderão ocorrer todos os anos.

De acordo com estes especialistas, 5 milhões de europeus poderão vir a perder as suas casas devido à subida do nível do mar e a inundações até ao fim deste século.

Segundo um relatório da associação oceanográfica e atmosférica norte-americana NOAA, que estudou vários cenários de evolução do clima até ao fim do século, no melhor dos cenários haverá um aumento do nível do mar de cerca de 30cm nas costas dos Estados Unidos.

“Isso é o suficiente para obrigar à deslocação de 6 milhões de americanos em toda a costa dos EUA, excepto no Alasca”, diz o climatologista William Sweet, citado pela RT.


Segundo o chefe do Departamento de Meteorologia e Climatologia da Universidade Estatal de Moscovo, Aleksandr Kislov, a maioria dos países europeus não está preparada, do ponto de vista técnico, para as mudanças climáticas, e deveriam começar a preparar-se já hoje para esse tipo de cataclismos.

Kislov realça que só a Holanda é capaz de garantir o nível de segurança necessário, porque nas últimas décadas o governo do país construiu um sistema de diques único no Mundo, que permitiu aos holandeses não apenas conter os avanços do oceano mas “roubar terra ao mar” e aumentar o seu território.

Um sistema semelhante foi instalado na cidade russa de São Petersburgo, região da costa russa que está também preparada para a eventualidade de uma inundação em larga escala.

Na última década, a Europa enfrentou uma série de grandes inundações. Uma delas, a mais perigosa, aconteceu em 2013, ano em que países como a Letónia, a Macedónia e a República Checa foram parcialmente inundados. A Noruega e a Alemanha sofreram também inundações significativas, com avultadas perdas materiais e até humanas.

Em 2016, o nível da água aumentou significativamente nos rios Sena, Danúbio, Reno e Neckar, provocando inundações ao longo das suas margens. Em Paris e arredores foi declarado o nível de alerta laranja e nas regiões do norte da França vários milhares de pessoas foram evacuados.

Ao que tudo indica, uma parte dos europeus, no fim do século, terá sido obrigado a trocar o carro por um barco. Algo trivial, dirão os venezianos.

Referência de informação site: Zap-AEOU-Pt , Artigo: Os cientistas já sabem quando é que a Europa ficará submersa

Página no G+:
Comunidade no G+: